Festival IN foi o epicentro da criatividade

Entre 23 e 26 de abril decorreu na FIL, no Parque das Nações, o Festival IN – Inovação e Criatividade, um conjunto de exposições, palestras, concertos e bancas que apresentaram as mais diferentes empresas e iniciativas que vêm reinventar o mercado da inovação.

Esta foi a segunda edição do maior festival de Inovação e Criatividade na Península Ibérica, que teve como tema “Ligar as redes em rede”. Os quatro pavilhões da FIL foram invadidos por este evento, tendo cada um uma temática diferente: Cidade das Redes & Pessoas, Cidade do Marketing & Comunicação, Cidade da Investigação & Produtividade e Cidade dos Produtos & Serviços.

Por todos os palcos espalhados pelo recinto decorreram diversas conferências, com oradores da revista Meios & Publicidade, da StartUp Lisboa, da FabLab Lisboa, da Vodafone Power Lab, várias intervenções da escola de formação Flag e muitas outras palestras, ao longo de quatro dias repletos de atividades. Para quem não quis apenas ouvir as conferências, o festival contou com vários workshops, como o workshop criativo da Escola António Arroio, o workshop de fotografia de Arlindo Pinto e um convite de Nuno Maya para pintar o Arco da Rua Augusta com criatividade.

Várias entidades de Câmaras Municipais de todo o país marcaram presença no festival, com atividades desportivas, exposições e bancas de esclarecimentos sobre vários projetos por todo o recinto. Destaque para o grande espaço reservado para a Câmara Municipal de Sintra, com rapel e várias exposições dos agrupamentos de Escolas, e ainda para o projeto Torres Inov-E, da Câmara Municipal de Torres Vedras.

Entre as exposições que estiveram patentes neste festival encontrava-se a apresentação dos Cartoons do Ano 2014 na 16ª edição do Cartoon Xira, uma mostra que marca o humor nacional todos os anos através de caricaturas que focam temas polémicos e atuais.

Estiveram ainda neste evento várias empresas que quiseram apresentar o seu trabalho, como Métis Eventos, Inventa Internacional, Weproductise Group, Maker Space, Bagged In, Holy Cup e Rabisco, entre muitas outras. Houve espaço para a mostra de trabalhos de artistas ao vivo, apresentação de impressões a 3D e muita música e animação por várias entidades responsáveis por festivais de verão.

Vê aqui a galeria com imagens do Festival IN:

Previous Image
Next Image

info heading

info content

 

Foi também possível ouvir várias bandas inovadoras, como Gapura e JazzOpa, e grandes artistas da música nacional, como Berg, Francisco Sobral, Liliana Martins e The Legendary Tigerman. Quem visitou o festival conseguiu ainda assistir a várias atuações de companhias de dança, como a Academia Ai! A Dança, de Sintra, e a Plural – Companhia de Dança Fundação Liga, e também de grupos de teatro, como do TeatroMosca, da Byfurcação, do Tapa Furos, do Teatro Regional Serra de Montemuro e do Arte Institute, entre outros.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *