Feira Quinhentista leva Sintra aos tempos renascentistas

Durante quatro dias, entre 16 e 19 de julho, a praça D. Fernando II, em S. Pedro de Sintra, regressou à época de D. Manuel e apresentou aos visitantes um ambiente único, através da recriação do comércio e da animação característicos da época quinhentista.

Foram quatro dias em que o espaço da habitual “Feira de S. Pedro de Sintra” se encheu de comerciantes provenientes de vários pontos do país e também de outros países. Cerca de 150 vendedores marcaram presença nesta edição, muitos deles comercializando artesanato, como pulseiras de couro, brincos e colares, malas, roupas e brinquedos medievais para as crianças.

 

Também houve quem praticasse o seu ofício ao vivo para quem passava, como um sapateiro ou um artesão que gravava desenhos em caixas de madeira.

 

 

 

Havia ainda quem oferecesse leituras de Tarôt, tatuagens temporárias, azulejos, pedras preciosas, espadas, sabres e facas, candeeiros, incenso, sabonetes e até chás.

 

Os animais também marcaram presença, como manda a tradição dos feirantes, e pôde ver-se um pónei anão, dois burros, dois porcos e alguns patos.

 

 

Os sabores típicos da época também marcaram presença, como ginja de Óbidos e outros licores, frutos secos, queijos e presuntos, bolos e outros doces conventuais.

 

Ginja de Obidos
Ginja de Obidos

 

A animação na Feira Quinhentista de Sintra foi constante, pois tanto os comerciantes, que estavam vestidos a rigor e encarnavam os seus ofícios da época, como os vários atores vestidos de saltimbancos, jograis e outras figuras da época, levaram a recriação histórica ao máximo.

 

Ator na Feira Quinhentista

Animação na Feira Quinhentista

Animacao Feira Quinhentista

 

Também houve atuações de música e espetáculos de malabarismo e fogo durante os quatro dias da feira, que teve entrada livre entre as 17 e as 24 horas de quinta e sexta-feira e das 13 às 24 horas de sábado e domingo.

Vê aqui os vídeos das atuações:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *